Latitud Podcast

A podcast
 1 person rated this podcast

Best Episodes of Latitud Podcast

Mark All
Search Episodes...
Fabricio Pettená is a partner at Global Founders Capital, a stage-agnostic lifecycle global venture capital firm. If you’re wondering what that means, this is the episode where he explains it!  We also talk about: GFC's decision process and how they support startups; What good board meetings should look like; His analysis of Latin American markets; And the signals investors pay attention to. ---  Visit latitud.com to apply to our programs! 
Gina Gotthilf was the VP of Growth at Duolingo, the most downloaded education app in the world, leading the team that built its user base from 3 to 200 million. She also led Tumblr's growth in Latin America and participated in the Mike Bloomberg presidential campaign to help oversee digital ad campaigns at a historical daily spend. In 2020, she joined Brian and Yuri as a co-founder of Latitud, to help engineer serendipity for the top doers and thinkers in the Latam startup ecosystem. In this episode, Gina talks a bit more about what we’ve been up to, but mostly about her own journey, challenges and learnings. Stick around to find out: What hyper-growing startups running seamlessly from the outside are really like in the backstage. Some of the growth tactics early-stage founders can benefit from. Her biggest F-ups. And her takeaway from pitching Duolingo to President Obama in the White House.  ---Visit latitud.com to apply to our programs!
Paula Crespi e Flávia Deutsch começaram a buscar capital antes mesmo de ter um modelo de negócio feito para a Theia. Mas o problema que queriam atacar estava tão claro, que não faltou reunião com anjos e VCs.  Montaram um framework próprio para encontrar os investidores certos, só que com uma meta: metade do cap table deveria ser de mulheres. Neste episódio:A jornada de fundraising no início da Theia, etapa por etapa. As lições que aprendeu como operadora de startup, antes de fundar sua própria. Como elas vêm abordando mudanças de modelo e produto.  E como manter o foco quando tudo parece uma boa oportunidade. ---Conheça latitud.com
Terminado seu MBA em Harvard, Antoine Colaço queria entrar no mundo de venture capital como investidor. Mas ele sempre escutou que deveria ter eperiência operacional antes. Então, ele entrou no Yahoo!. Depois, em 2003, assumiu um risco e aceitou trabalhar em uma startupzinha chamada Google.  Antoine ficou por lá por 9 anos, fundou a operação do Google na Índia e lançou escritórios por toda a América Latina. E apesar de parecer um luxo construir startups dentro do que se tornaria uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, essa experiência veio com desafios que qualquer fundador encararia quando está começando. Alguns deles, nem um pouco glamurosos. Além do currículo impressionante (ele também tem um diploma de Princeton em Engenharia Espacial!), sua incrível visão de negócios e o amor pela América Latina levaram Antoine a se tornar partner no Valor Capital Group. Neste episódio, ele conta: Como aspectos culturais influenciam sua abordagem como investidor. Possíveis caminhos para fundadores que querem expandir negócios. Critérios de investimento do Valor. E como intuição e sorte também jogam o jogo do venture capital.  --- Visite latitud.com
O DNA de uma empresa é o que a faz se destacar na multidão. Mas manter uma cultura robusta enquanto se cresce é um desafio que quase todo empreendedor encontra.Na Resultados Digitais,  Eric Santos e seus cofundadores tinham muito claros os princípios e comportamentos que guiariam seu time desde o início. Eles foram essenciais quando, em pouco mais de um ano, escalaram de 30 pessoas para 230. Neste episódio, Eric conta:Como o time fundador identificou as virtudes que eram mais autênticas para elesAlgumas das conversas difíceis que tiveram com antecedênciaAs dificuldades que encontraram durante o hipercrescimento de contrataçõesE como operacionalizaram seus valores e virtudes em escala.---Visite latitud.com
Nós entendemos se só de escutar “jurídico” e “tributário” você já sinta um calafrio na espinha. Mas ignorar alguns aspectos legais da construção de um negócio pode acabar significando deixar de receber investimento mais para frente. Neste episódio, Eduardo Zilberberg, sócio-coordenador da área de Venture Capital e Startups na Dias Carneiro, explica: Que estruturas são mais adequadas para começar uma startup. O que é necessário para montar uma estrutura offshore. Como encarar SAFEs e mútuos conversíveis no Brasil. Os detalhes de due diligence que podem prejudicar um acordo. E outras precauções que podem evitar estresse desnecessário na sua jornada empreendedora. Saiba mais sobre a Latitud em latitud.com
Não importa o jogo, entender as jogadas do outro lado sempre ajuda a fazer movimentos melhores. Com fundraising, é a mesma coisa. Quando você tem a experiência dos dois lados da mesa, tem uma vantagem única. A maior parte dos fundadores valoriza bastante investidores que já estiveram nas trincheiras e criaram um negócio do zero. A curva de aprendizado é acelerada e existe mais empatia quanto aos desafios que aparecem pelo caminho. Julio Vasconcellos é um ótimo exemplo disso — um empreendedor prolífico e investidor engajado. Ele foi o primeiro country manager do Facebook no Brasil, lá em 2010. No mesmo ano, começou o Peixe Urbano, que se tornou líder em comércio e serviços locais no Brasil, se expandiu para 6 países da América Latina e, mais tarde, foi adquirido pelo Baidu.  Julio tem sido investidor anjo desde então, mas também cofundou dois fundos de venture capital: Canary e Atlantico. Neste episódio: O que faz um investidor incrível e o que faz um fundador incrível;  Boas práticas sobre ter um Board e sentar-se em um Board;  Como lidar com conselhos e opiniões externas; E os desafios de equilibrar envolvimento emocional com pensamento racional. -- Saiba mais sobre o Latitude 4 Fellowship em latitude4.com 
Transcript in English: https://latitude4.com/en/content/podcast/the-emotional-startup-rollercoaster-oskar-hjertonsson-cornershop/ Startups são uma aventura, uma experiência de altos e baixos, como uma montanha-russa. Você pode ter o melhor e o pior dia às vezes no mesmo dia. É preciso aprender a lidar com as mudanças repentinas e aceitar que algumas delas simplesmente fugirão do seu controle. Oskar Hjertonsson é cofundador da Cornershop, mas antes cofundou Needish, a Clandescuento, a Seahorse... E ele já tem muitos anos construindo negócios, mas as manobras emocionantes sempre aparecem.   A mais recente foi um longo e ansioso processo de decisão das autoridades antitruste quanto à venda da Cornershop para o Walmart. Tudo o que ele podia fazer, nesse caso, era esperar. Neste episódio, Oskar compartilha sua jornada e como lidou mental e emocionalmente com as elevações, quedas e loops 360º desse percurso, além de: Seus aprendizados sobre liderança Sua experiência levantando capital Sua visão sobre o relacionamento entre cofundadores ---  Saiba mais sobre o Latitude 4 Fellowship em latitude4.com 
Transcrição: https://latitude4.com/pt/conteudo/podcast/sucesso-e-gerundio-nunca-chega-sempre-tem-o-que-melhorar-thomaz-srougi-dr-consulta/Não foi fácil para Thomaz Srougi convencer os primeiros médicos, gerenciar custos, ou deixar de ser um louco para ser um visionário, aos olhos dos outros. Mas quando se é movido por propósito, não há outro jeito senão seguir em frente e sempre elevar a barra. Thomaz é cofundador e chairman executivo do dr.consulta — uma rede de centros médicos que usa a tecnologia para eliminar a fila, a burocracia, reduzir o preço e tornar mais fácil o atendimento de qualidade. Nessa conversa, ele conta algumas histórias e lições que marcaram sua jornada, incluindo as dificuldades que encontrou para dar os primeiros passos. Além disso, falamos sobre: O papel de um CEO. Os principais ensinamentos de seus mentores. Como identificar sinais de tração e gerir o crescimento por etapas. E um bônus: insights sobre o futuro da saúde e das healthtechs.--- Saiba mais sobre o Latitude 4 Fellowship em latitude4.com
Empreender é um jogo de persistência. Você acha que acertou no produto, o mercado diz "ainda não". Você está quase convencendo aquele investidor, mas respondem "volta depois". Você acredita ter encontrado o modelo de negócios ideal, mas continua andando de lado. Ou, como Sergio Furio disse durante esta conversa: "nós construimos negócios para que tenham sucesso em 10 ou 20 anos, mas não sabemos o que vai acontecer amanhã." Sergio nasceu na Espanha e se mudou para o Brasil depois que sua esposa, Silvia, o apresentou ao problema das taxas de juros abusivas no país. Em 2011, ele fundou o BankFácil, que mais tarde se tornou a Creditas. Bem mais tarde, aliás. Sergio precisou adaptar sua estratégia algumas vezes, mas soube jogar bem o jogo da persistência. A Creditas é hoje a maior fintech para crédito com garantia do Brasil. Neste episódio: A experiência de pivotar várias vezes Os maiores erros que cometeu quando a Creditas começou a crescer A jornada de fundraising que o levou a captar mais de US$ 300 milhões  --- Saiba mais sobre o Latitude 4 Fellowship em latitude4.com
Todo mundo tem um viés. Por causa dele, tomamos decisões que seguem padrões. É uma preferência irracional, uma suposição inconsciente. No mundo de fundraising, o viés frequentemente leva investidores a prestarem mais atenção em pessoas parecidas com eles. Fazem isso mesmo sem perceber.  E mesmo sem perceber, o resultado tende a ser menos apostas em empreendedoras talentosas, ou minorias em geral.  Lara Lemann tem buscado mudar esse cenário. Brasileira, ela se mudou para a Suíça ainda criança e estudou Direitos Humanos e Ciências Políticas na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos. Mas, sempre movida a propósito, ela sabia que queria voltar ao seu país natal e construir algo de impacto.   Depois de formada, ela fez uma imersão de Brasil: entre governo e setor privado, buscou entender quais problemas ela ajudaria a resolver. Eram muitos... Lara acabou escolhendo um caminho de multiplicação, ajudando outros empreendedores a resolver problemas: cofundou a MAYA Capital, um fundo para negócios em estágio inicial. Ou, como as próprias fundadoras dizem, uma startup que apoia startups. Neste papo, Lara conta: O que a MAYA busca em empresas para investir. Como dá suporte para empreendedores de seu porfolio. E como — entre fomentar a diversidade e trazer agilidade ao processo de captação — elas vêm contribuindo para um mercado de venture capital mais maduro. --Livros mencionados por Lara:"Garra: O Poder da Paixão e da Perseverança" - Angela Duckworth "Turning the Flywheel: A Monograph to Accompany Good to Great" - Jim Collins "Faça Acontecer - Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar" - Nell Scovell e Sheryl Sandberg "Invisible Women: Exposing Data Bias in a World Designed for Men" - Caroline Criado Perez 
Transcrição: https://latitude4.com/pt/conteudo/podcast/licoes-de-empreendedor-de-segunda-viagem-igor-senra-cora/  A experiência de empreender mais de uma vez é um pouco como a experiência de ter filhos.  No primeiro, você avança com cautela. No segundo, você já sabe mais ou menos o que está por vir. Não quer dizer que esteja tudo decifrado: os desafios sempre vão existir. Mas você entende como lidar melhor com eles e tem um ponto de partida mais claro para encontrar as soluções. Igor Senra é um desses casos. Co-fundador do Moip, ele era o responsável por levantar capital, lá em dois mil e oito, quando a crise bateu e o dinheiro secou. Ainda assim, levaram a companhia a um crescimento de quatro mil porcento em um ano.  Em dois mil e dezesseis, a Moip foi vendida para uma empresa alemã, mas ele e seu sócio, Leo, continuaram na operação por três anos. Por acaso, foi quando Igor estava trocando a fralda do seu segundo filho que caiu a ficha: precisava abrir sua segunda empresa. Foi assim que surgiu a Cora, um banco digital para pequenos negócios, que levantou uma das maiores rodadas seed da história da América Latina. Neste episódio, Igor conta como foi essa jornada e o que aprendeu como empreendedor de segunda viagem. 
Thomas Floracks e Brian Requarth começaram a empreender juntos há 16 anos — um alemão e um estadunidense, que se conheceram na Colômbia, mas acabaram montando um grande negócio no Brasil: o Viva Real. Expert em produto e growth, e de volta a Bogotá, Thomas é hoje Chief Product Officer na LaHaus, uma proptech na qual Brian também acabou investindo. Este episódio é um papo descontraído entre velhos amigos e sócios, mas também uma aula sobre construir bons produtos de tecnologia. Em meio a uma retrospectiva sobre suas jornadas, Thomas compartilha conselhos sobre: Como gerir times de produtos e engenharia como um fundador não-técnico; Como engajar toda a empresa em torno de um propósito claro; E as 3 coisas que fazem produtos excelentes.  [O link para a transcrição será disponibilizado em breve!]
Transcrição: https://latitude4.com/pt/conteudo/podcast/fundadores-ajudam-fundadores-gabriel-benarros-e-gustavo-ahrends-norte/ Cada vez mais, fundadores de startups bem sucedidas têm se juntado e se organizado para investir em outros fundadores.  O Norte, clube de empreendedores criado por Gabriel Benarrós, Gustavo Ahrends e Bruno Nardon, é um bom exemplo. As vantagens? Primeiro, operadores que já estiveram nas trincheiras dão orientações mais certeiras. Depois, prevalece a empatia: como eles mesmos já passaram pelas dores que podem existir enquanto se levanta capital, querem fazer desse processo o mais indolor possível.  Neste episódio: os passos que guiam as decisões de investimento do Norte, como eles apoiam empreendedores, como fundos de venture capital funcionam e como Gabriel e Gustavo enxergam o ecossistema no Brasil. ----Inscreva-se para o programa de fellowship da Latitude 4 clicando aqui ou em latitude4.com
Transcrição: https://latitude4.com/pt/conteudo/podcast/lidando-com-dinheiro-do-bootstrap-ao-m-a-felipe-almeida-zup/ A ZUP já tinha receita antes de ter produto. Já dava lucro quando resolveu levantar capital de VCs (uma vez só). Um de seus primeiros clientes foi logo a Natura. Recentemente vendida para o Itaú, tem agora com quase 1.500 colaboradores. Mas a ZUP é grande desde que era pequenininha. Neste episódio, falamos com Felipe Almeida, cofundador da ZUP, sobre sua jornada desde os projetos iniciais que faziam para se autofinanciar até o M&A concretizado ano passado, além de: Como a disciplina financeira se instalou no DNA da empresa. O que muda quando você ganha investidores institucionais. Os desafios de escalar com um modelo de serviços. E os bastidores de tomar e comunicar decisões que podem custar contratos enormes.  ----Inscreva-se para o programa de fellowship da Latitude 4 clicando aqui ou em latitude4.com
Transcrição: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/tornando-se-seu-proprio-concorrente-paulo-silveira/   O receio em torno de digitalizar a Caelum em 2011 foi um exemplo clássico do Dilema da Inovação: com medo de reduzir margens e canibalizar o próprio negócio, quase desistiram de adicionar cursos online ao modelo presencial que vinha dando tão certo.   Mas foi justamente a criação da Alura que permitiu à empresa uma escala de produto tão sólida. E com o dom que os fundadores têm para criar comunidades fortes e gerar engajamento, o crescimento seguiu firme.  Neste episódio, Paulo Silveira, fundador do Grupo Caelum Alura, conta: Como foi o processo de digitalização; Quais métricas que ele recomenda acompanhar e quais evitar;  Os ingredientes para construir comunidades que acabam beneficiando o negócio;  E sua visão sobre os desafios e o futuro da Educação.  ---- Inscreva-se para o programa de fellowship da Latitude 4 clicando aqui ou em latitude4.com
Transcrição: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/e-o-empreendedor-quem-toma-a-decisao-o-nosso-papel-e-desafiar-marcelo-lima-monashees/  Do primeiro contato às discussões no conselho, é importante um fundador saber lidar com seu investidor e entender que ele nunca será um chefe, e sim um sócio. Essa semana, falamos com o Marcelo Lima, sócio da Monashees, fundo de venture capital focado em startups nos estágios iniciais.  Neste episódio:  O que causa uma boa primeira impressão aos investidores. Como eles identificam founder-market fit. Como startups brasileiras podem pensar em expansão internacional mais estrategicamente. E como fundos como a Monashees dão apoio a fundadores depois do investimento. Para mais conteúdo, visite latitude4.com, e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios!  -  Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição em português: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/a-complexidade-das-comunidades-de-startups-brad-feld-techstars/  Transcript in English: https://latitude4.com/br/conteudo/transcricoes-ingles/startup-communities-are-complex-systems-brad-feld-techstars/  Construir um ecossistema empreendedor em que startups se apoiam e colaboram ajuda cada uma a crescer individualmente — e continua a ajudar quanto mais se devolve à comunidade e se cria valor para o todo.  Mas esses são sistemas complexos, sem receita.  Neste episódio, Brad Feld, cofundador da Techstars e do Foundry Group, fala sobre a importância de alimentar comunidades locais de startups, trazendo: O que são sistemas complexos;  Por que precisamos de "reciclagem" dos empreendedores;  O que acontece quando uma comunidade atinge seu ponto de virada. Para mais conteúdo, visite latitude4.com, e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios!  -  Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/captacao-relacionamento-com-investidores-e-go-to-market-edson-rigonatti-astella/Fundraising é relacionamento e, às vezes, o cortejo leva anos até virar casamento. Precisa dar match e precisa ser o momento certo para os dois. Para falar sobre as interações entre empreendedor e investidor em cada estágio de um negócio, convidamos Edson Rigonatti, sócio da Astella, um dos principais fundos de venture capital do Brasil.  Neste episódio: Como criar uma connexão de longo prazo com potenciais investidores; Como montar (e utilizar) seu pitch deck; Quais são as perguntas menos óbvias que um fundador deve responder; O que faz um "não" virar "sim"; Como estruturar sua estratégia de go-to-market.  Para mais conteúdo, visite latitude4.com, e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios!  -  Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/como-montar-times-de-tecnologia-para-early-stage-jair-vercosa-flieber-e-ex-carta/Todo empreendedor sofre para montar um time de tecnologia, nem que seja um pouquinho. Pode ser por falta de conhecimento técnico, escassez de talento, ou dificuldade de definir processos — mas essa é uma barreira que todos vão precisar superar, se quiserem construir bons produtos. Jair Verçosa, atual CTO da Flieber e ex-Diretor de Engenharia da Carta, já selecionou e geriu times de tecnologia de todos os tamanhos. Neste episódio, ele compartilha: As características que busca ao avaliar engenheiros; Estratégias de recrutamento e etapas de processos de seleção; Rituais úteis para times de tecnologia, inclusive os remotos; Erros comuns entre líderes técnicos. Para mais conteúdo, visite latitude4.com, e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios!  -  Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/a-jornada-de-fundraising-do-quinto-andar-com-gabriel-braga/ O Quinto Andar pode ser um unicórnio agora, mas nasceu com poucos recursos. Inclusive, Gabriel Braga e seu sócio, André Penha, demoraram mais do que pretendiam para conseguir levantar capital. Neste episódio, Gabriel contou como foi levar tantos “nãos” de investidores, e o que foi preciso até chegarem às rodadas de captação multimilionárias: Como lidar com a falta de dinheiro no início do negócio? O quanto a escassez atrapalha, e em que ajuda? Como chamar a atenção dos investidores? O Latitude 4 acredita que o processo de fundar, escalar uma empresa e levantar capital pode ser muito melhor. Saiba mais em latitude4.com e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios!  -  Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição em Português: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/estruturando-sua-startup-para-receber-investimento-internacional-dan-green-gunderson-dettmer/ Transcript in English: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/how-to-structure-your-startup-for-international-investments-dan-green/ Estrutura legal e legislação tributária não são a parte mais divertida de empreender. Normal. Empreendedores tendem a ir pelo caminho mais rápida, fácil ou barato para que sua startup comece a operar. Só que esse erro pode custar caro. No caso de Brian, custou cerca de US$ 100 milhões em valor de mercado. Dan Green se junta a nós nesse episódio para explicar didaticamente: Como configurar ou reconfigurar sua estrutura para obter capital de investidores internacionais e se proteger legalmente; O que esses investidores avaliam durante uma due diligence; Como gerenciar sua propriedade intelectual, vesting e seu cap table nos estágios iniciais para ser mais atraente para investidores estrangeiros. Dan é sócio da Gunderson Dettmer, um dos escritórios de advocacia mais ativos do Brasil e da América Latina, especializado em venture capital e tecnologia. O Latitude 4 acredita que o processo de fundar, escalar uma empresa e levantar capital pode ser muito melhor. Saiba mais em latitude4.com e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios! - Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
É como uma gangorra: se você contrata muito, a produtividade cai. Justamente quando você precisa de mais eficiência para crescer. Neste episódio, Brian explica por que isso acontece. Hernan Kazah, cofundador do Mercado Livre e da Kaszek Ventures, explica o que você pode fazer para gerir essa perda. Transcrição e gráfico: https://latitude4.com/br/conteudo/podcast/tamanho-de-time-produtividade-stop-and-go/ O Latitude 4 acredita que o processo de fundar, escalar uma empresa e levantar capital pode ser muito melhor. Saiba mais em latitude4.com e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios! - Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição em português: https://latitude4.com/br/podcast/venture-capital-hoje-e-as-licoes-do-mercado-livre-nicolas-szekasy-kaszek-ventures/  O que a crise significa para quem está buscando investimento para seu negócio agora? Nosso convidado, Nicolas Szekasy, dividiu alguns desafios que enfrentou durante a bolha da internet em 2001 e a recessão de 2008, enquanto CFO do Mercado Livre. Hoje à frente da Kaszek Ventures, ele usa esses aprendizados para ajudar empreendedores a construirem negócios de tecnologia de alto impacto na América Latina. Neste episódio: Qual a diferença entre corporate venture capital e outros VCs? Como o cenário atual de investimento externo se compara com 2001 e 2008? Qual foi a maior lição de Nico no Mercado Livre? O que é mais importante: time, mercado, ou modelo de negócio? O que investidores buscam em empresas e seus fundadores? O Latitude 4 acredita que o processo de fundar, escalar uma empresa e levantar capital pode ser muito melhor. Saiba mais em latitude4.com e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios! - Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Transcrição: https://latitude4.com/br/podcast/lideranca-em-tempos-de-crise-paulo-veras-cofundador-da-99/ Em momentos de incerteza, todos os olhares se voltam para o líder. E como empreendedores, sentimos a pressão. Só que não é hora de falar do tamanho do problema. É hora de falar sobre como vamos enfrentá-lo, e por isso convidamos Paulo Veras, cofundador da 99, o primeiro unicórnio brasileiro, também investidor e mentor. Neste episódio: Será que seu planejamento é otimista demais? Como lidar com cortes e possíveis demissões? Vale a pena aceitar investimento a qualquer custo agora? Como manter a sanidade—sua e do time? O Latitude 4 acredita que o processo de fundar, escalar uma empresa e levantar capital pode ser muito melhor. Saiba mais em latitude4.com e não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios! - Trilha: Accralate by Kevin MacLeod Link: https://incompetech.filmmusic.io/song/3336-accralate License: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ 
Rate Podcast

Share This Podcast

Recommendation sent

Followers

1

Join Podchaser to...

  • Rate podcasts and episodes
  • Follow podcasts and creators
  • Create podcast and episode lists
  • & much more

Podcast Details

Created by
Latitude
Podcast Status
Active
Started
Apr 23rd, 2020
Latest Episode
Nov 19th, 2020
Release Period
Weekly
Episodes
30
Avg. Episode Length
41 minutes
Explicit
No
Order
Episodic
Language
Portuguese

Podcast Tags

Do you host or manage this podcast?
Claim and edit this page to your liking.
Are we missing an episode or update?
Use this to check the RSS feed immediately.