Expresso - PBX

A weekly Arts and Music podcast
 1 person rated this podcast

Best Episodes of Expresso

Mark All
Search Episodes...
Em janeiro, o PBX olha para o ano que passou e constata que a folha dos ganhos ficou por preencher. Ainda assim houve música, livros e filmes que não podemos ignorar. Em 2020 o cinema viu-se essencialmente em casa, com a vida entre paredes. Releram-se livros e outros chegaram por encomenda. A vida confinada tornou-se essa entrega de bens à porta de casa. Fizeram-se discos num retiro obrigatório. Inês Meneses e Pedro Mexia fazem o balanço do ano com música nova, um final em tom nostálgico
Culpado ou inocente? Na verdade, todos parecem suspeitos em 'The Undoing', a minissérie que o PBX destaca em dezembro. Encontram Hugh Grant, Nicole Kidman e Donald Sutherland num thriller em seis doses que a HBO apresenta. Teremos sempre MEC e aproveitamos a edição das suas 100 Melhores Crónicas para o lembrar. Mais do que nunca precisamos do humor dele para salvar o nosso. Sharon Van Etten rendeu-se ao Natal e libertou dois clássicos que não podemos deixar de ouvir. E atenção à nova musa do Indie Rock: chama-se Phoebe Bridgers e tem um novo álbum. O PBX deseja a todos um Natal feliz (porque a felicidade interior não tem restrições)
O novo filme de Sofia Coppola, 'On the Rocks', devolve-nos Bill Murray e leva-nos a passear por Nova Iorque. A New York de Lou Reed é diferente: o álbum de 1989 foi agora reeditado e leva-nos a becos onde a poesia nasce sem aviso. 'Peças em Um Acto' de Anton Tchekhov é o livro para novembro. E das novidades musicais, o desamor e uma cabana segundo Adrianne Lenker dos Big Thief
Succession confirma-o. É a série do ano, vencedora dos últimos Emmys. Foco em Brian Cox, o escocês que também já foi Churchill e agora é o magnata Roy Logan. A família persegue-nos neste PBX: o argentino Roberto Arlt e a sua visão do mundo na Buenos Aires de outro século. Deste tempo, deste ano, o disco de Bill Callahan rendido à família e à vida no campo com "Gold Record". E há Benjamim, um português em "Vias de Extinção"
Pedro Mexia e Inês Meneses mergulham na complexidade de duas personagens: Marianne e Connell. São eles os protagonistas de Normal People, um romance moderno e sofisticado que assenta sobre a premissa das velhas histórias de amor. Um contínuo "é complicado" de duas personagens densas que querem estar juntas mas não estão. Será a complexidade o novo normal?
“Este vírus que nos enlouquece” de Bernard Henri-Lévy abre o PBX de Agosto. Também filósofo, Isaiah Berlin fez (na segunda metade do século XX) uma curiosa distinção na Humanidade entre ouriços e raposas. De que lado nos colocamos depois de ler este ensaio? É que a raposa sabe muitas coisas, mas o ouriço sabe uma coisa muito importante... Assinalamos o regresso de Jarvis Cocker na sua nova banda: Jarv is e há ainda uma série que o vai deixar com um ponto de interrogação: chama-se Quiz e depois de a ver ninguém quer ser milionário
A série 'Pose' e o filme 'Retrato de uma Rapariga em Chamas': pode haver algo em comum? Pode. Entre eles e elas vamos descobrir o regresso de Bob Dylan e de Jessie Ware e um outro retrato - o da família do polémico escritor Richard Ford, o homem que, nascido no Mississipi, não foi racista por um triz. A terminar, o álbum homónimo do Quarteto 1111 que nos lembra Pigmentação e uma dezena de canções censuradas em 1970. PBX, uma parceria Expresso/Antena 1 com Pedro Mexia e Inês Meneses
Mudámos de estação: estamos na primavera e na Antena 1. O mundo também mudou. É desse mundo que falamos nesta edição do PBX que destaca a série "The Morning Show" e a reedição de "A Torre da Barbela" de Ruben A. Na música, o regresso de Benjamim e dos Strokes, e uma distância de dois metros mantida à mesa de casa onde Pedro Mexia e Inês Meneses se reencontram meses depois. PBX, agora na primeira quarta-feira de cada mês, uma parceria Expresso/Antena 1
Vera Arreigoso, jornalista do Expresso especializada em temas de saúde, analisa o mais recente boletim epidemiológico da DGS sobre os infetados em Portugal, esclarece quais os principais sintomas e responde às principais preocupações dos portugueses neste momento - "posso viajar?" e "o que faço com os miúdos em casa sem escola?". Ouça este especial do Expresso sobre o novo coronavírus
Da sala de cinema com 'Dor e Glória', de Pedro Almodóvar, ao painel da Netflix com 'Marriage Story', de Noah Baumbach, passando por Purple Mountains e a morte abrupta de David Berman, até chegar à reinvenção de Sharon Van Etten no novo álbum, Pedro Mexia e Inês Meneses encontram-se para o último PBX de 2019 e fazem o balanço do ano em canções, livros, filmes e séries
Cohen em todas as frentes e o PBX não lhe é indiferente: falamos do filme “Marianne & Leonard: Words of Love” e do disco póstumo, “Thanks for the Dance”. Michael Kiwanuka é nomeado nas contas de novembro, mês que nos roubou José Mário Branco. E há a obra poética de David Mourão Ferreira, 800 páginas que confirmam a genialidade do poeta
Há duelo no PBX de Outubro por causa de Joker. O filme de Todd Phillips leva a acesas discussões: gratuito, panfletário, ambivalente? Ou um filme em que o ator é maior que todo o enredo de New York Gotham City? As cartas na mesa com um Joker para distribuir. A memória do tradutor e poeta José Bento paira sobre esta edição em que se descobre Marika Hackman. E no fim, um doce que não perdeu validade
Por terras de Espanha, Almodóvar vê-se ao espelho no seu novo filme e, por cá, Tiago Guedes reflecte um país em “A Herdade”. A morte levou Daniel Johnston e Ric Ocasek. A vida celebra-se assim, entre “Dor e Glória” e “A Morte não é Prioritária - Biografia de Manoel Oliveira” de Paulo José Miranda. Tudo isto no PBX de Setembro
Era uma vez o PBX de agosto onde se fala do recreio de Tarantino e do postal de Jorge Silva Melo a Lisboa, nas suas memórias preservadas no livro “A mesa está posta”. Há ecos do pós-punk de Dublin com os Fontaines D.C. e José Mário Branco é lembrado por Camané. Os fins são muitas vezes o melhor começo e este mês o programa acaba com Silver Jews, banda de David Berman, que morreu a 7 de agosto
Bob Dylan e David Berman encontram-se acidentalmente no PBX: são dois homens que, aparentemente, se auto-boicotam. Será mesmo assim? Rolling Thunder Revue, o documentário semi-ficcional de Martin Scorsese sobre Dylan, "domingo" de Luís Severo e o disco de estreia de Purple Mountains no balanço de julho de Pedro Mexia & Inês Meneses
Chama-se "Democracia em vertigem", é assinado por Petra Costa e documenta a queda de Dilma Rousseff e Lula da Silva. Já se fala em Oscar para a obra que vem do Brasil. Também do Brasil chega a Lisboa a livraria Travessa, com mais de 30 mil títulos, com destaque para a "Noite e o Riso" e a intemporalidade desta obra. "Corre, corre" é som trazido até nós pelos "meninos do Rio" Rodrigo Amarante ou Marcelo Camelo. É o PBX (parceria Radar/Expresso) de junho.
Esteve preso, em greve de fome, e é em prisão domiciliária que assina os seus filmes, incluindo o que agora se encontra nas salas de cinema portuguesas "3 Rostos", de Jafar Panahi. Preso também, Lula da Silva felicita o mais recente prémio Camões, Chico Buarque, de 74 anos, que tantas vezes escreve como se fosse mulher, pondo-se na pele delas. Diz Inês Meneses: é um homem do mundo que teima em viver à frente. Já "Zama", grande romance em língua espanhola escrito por um argentino, Antonio di Benedetto, é aberto por Pedro Mexia. Fala-se ainda do novo disco de Vampire Weekend, mais maduros e delicodoces, com o selo de qualidade da rádio Radar, e de um disco de 1979 editado 40 anos depois pela 4AD: os ingleses Rema-Rema
A questão é colocada por Inês Meneses no PBX de abril, marcado por sinais de fogo. Do centenário de Jorge de Sena à série “Sex Education” na Netflix, uma espécie de “Stranger Things” sobre... sexo. O filme “Besta”, do cineasta inglês Michael Pearce, vencedor de um BAFTA, é também alvo desta parceria entre a rádio Radar e o jornal Expresso
No PBX (parceria Radar/ Expresso), deste mês, afinidades e encontros familiares: Todos Sabem, o filme do Iraniano Asghar Farhadi. Abre-se o livro de Natalia Ginzburg: Léxico Familiar. Na música, Connor Oberst encontra Phoebe Bridgers em Better Oblivion Community Center. A família tem tantas ligações como um PBX
No PBX de Janeiro (parceria Radar/Expresso) destaque para a série "You" onde um homem, gerente de uma livraria, é tudo menos um livro aberto. O argentino Roberto Artl é recordado com "Escritor fracassado e outros contos" e na música há Massive Attack, Kristin Hersh e o compositor francês Michel Legrand recentemente desaparecido
Depois de mudarmos a página do calendário, mês a mês, hoje fazemos o balanço do ano. Os filmes, livros e discos que assinalámos em 2018. Paul Schrader, Paul Thomas Anderson, Javier Marías, Cat Power, Jonathan Wilson, alguns dos convocados para a edição do fim de ano. Com Pedro Mexia e Inês Meneses
Chama-se "O Outro Lado do Vento" e foi o último filme de Orson Welles. Começou a ser pensado ainda nos anos 1960 e o Netflix estreou-o este mês. John Huston e Peter Bogdanovich estão por lá. A música é de Michel Legrand. Falamos também do novo livro de Djaimilia Pereira de Almeida, "Luanda, Lisboa, Paraíso", e voltamos a Bristol para lembrar uma das bandas do ano, os Idles. Há ainda Johnny Marr com o álbum, "Call the Comet" no PBX (parceria Expresso/ Radar)
"Como morrem as democracias", o livro de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt em destaque no PBX (parceria Radar/Expresso) de Outubro, onde uma das perguntas também será: como morrem os casamentos? Isto depois de termos visto a nova série "Wanderlust", produção da BBC One e do Netflix, com a poderosa Toni Collette. E no sortido musical de Outubro, Joana Espadinha, Damien Jurado e Nick Cave em São Paulo a dizer #EleNao
Nos dias quentes de setembro, Pedro Mexia e Inês Meneses mergulharam na Guerra Fria de Pawel Pawlikowski. Do filme emerge uma estrela chamada Joanna Kulig. Afinal o Punk não morreu: de Bristol, os ecos nada meigos dos Idles mas a celebrar a vida com o disco, "Joy as an Act of Resistance. E assinalamos os 20 anos de Deserter´s Songs dos Mercury Rev, um disco que mudou muitas vidas
Happy End, o filme de Michael Haneke que levou o Pedro Mexia e a Inês Meneses ao cinema, em Agosto. Relembra-se a obra de Naipaul e anuncia-se o regresso de Cat Power e Anna Calvi. E os Cowboy Junkies que 30 anos depois do disco The Trinity Session continuam no activo... O PBX (parceria RADAR/EXPRESSO) faz as suas ligações em qualquer mês
Rate Podcast

Share This Podcast

Recommendation sent

Followers

2

Join Podchaser to...

  • Rate podcasts and episodes
  • Follow podcasts and creators
  • Create podcast and episode lists
  • & much more

Podcast Details

Created by
Expresso
Podcast Status
Active
Started
Nov 5th, 2015
Latest Episode
Jan 7th, 2021
Release Period
Weekly
Episodes
108
Explicit
No
Language
Portuguese

Podcast Tags

Do you host or manage this podcast?
Claim and edit this page to your liking.
Are we missing an episode or update?
Use this to check the RSS feed immediately.